A ruptura com o patriarcado em prol da luta contra todas as formas de violência contra as mulheres

Autores

  • Érica Melicia da Silva Silveira Escola Superior de Advocacia da OAB/MG

DOI:

https://doi.org/10.5281/zenodo.8335568

Palavras-chave:

Patriarcado; Feminismo; Violência contra a mulher.

Resumo

A questão da violência contra às mulheres é um tema que não pode ser dissociado de uma discussão acerca da estrutura da sociedade contemporânea marcadamente patriarcal, bem como da eclosão dos movimentos feministas com fim de romper com essa estrutura patriarcal a fim de alcançar uma efetiva igualdade de gênero. Para finalidade da pesquisa adota-se uma vertente metodológica jurídico-sociológica, e no tocante ao tipo de investigação, foi escolhido, na classificação Witker e Gustin, o tipo jurídico-projetivo. As principais fontes da pesquisa compreendem textos doutrinários, normas e demais dados colhidos na pesquisa. Em síntese, o combate a violência contras as mulheres, é uma das pautas do movimento feminista, a mais urgente, já que é uma questão que afeta a vida, dignidade. Já houveram alguns avanços legislativos sobre a matéria tal qual a Lei Maria da Penha e o reconhecimento do Feminicídio, todavia ainda é necessário um aprimoramento das leis, e não somente isso, é necessária uma revolução cultural tendente a questionar a estrutura do patriarcado, e a dicotomia atualmente existente entre homens e mulheres, que apresenta malefícios para ambos os gêneros, que são sujeitados a permanecer em papeis estanques, que não os favorecem, mas somente a elite social que intenta manter o status quo.

Referências

BRASIL. Decreto 1.973. 1996. Disponível em: https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto/1996/d1973.htm. Acesso em: 09 jun. 2023.

BRASIL. Lei 11.340. 2006. Disponível em: https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2006/lei/l11340.htm. Acesso em: 08 jun. 2023.

BRASIL. Lei 13.104. 2015. Disponível em: https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2015-2018/2015/lei/l13104.htm. Acesso em: 09 jun. 2023.

COLLING, Ana Maria. Violência Contra As Mulheres – Herança Cruel Do Patriarcado. Revista Diversidade e Educação. v. 8, n. Especial, p. 171-194, 2020. Disponível em: https://periodicos.furg.br/divedu/article/view/10944. Acesso em: 08 jun. 2023.

DE SENA, Michel Canuto. Aspectos jurídicos da violência obstétrica. Magis – Portal Jurídico. 2022. Disponível em: https://magis.agej.com.br/aspectos-juridicos-da-violencia-obstetrica/. Acesso em: 08 jun. 2023.

LARKIN, Claire. O que significa “feminismo”?, Babbel. 2022. Disponível em: https://pt.babbel.com/pt/magazine/feminismo#:~:text=Suas%20origens%20estão%20em%20dois,prática%2C%20sistema%20ou%20doutrina). Acesso em: 08 jun. 2023.

LEITE, Luciana Simon de Paula. Violência política contra a mulher: o que é? Magis – Portal Jurídico. 2022. Disponível em: https://magis.agej.com.br/violencia-politica-contra-a-mulher-o-que-e/. Acesso em: 08 jun. 2023.

LERNER, Gerda. A criação do patriarcado: História da opressão das mulheres pelos homens. São Paulo: Cultrix, 2019.

LIRA, Kalline. Flávia. S.; DE BARROS, Ana. Maria. Violência contra as mulheres e o patriarcado: um estudo sobre o sertão de Pernambuco. Revista Ágora, [S. l.], n. 22, p. 275–297, 2018. Disponível em: https://periodicos.ufes.br/agora/article/view/13622. Acesso em: 8 jun. 2023

MAGENTA, Matheus. O que é ser feminista? BBC. 2022. Disponível em: https://www.bbc.com/portuguese/geral-62551293. Acesso em: 08 jun. 2023.

PEREIRA. Sarah Batista Santos. 15 anos da Lei nº 11.340/2006: quem foi Maria da Penha. Magis – Portal Jurídico. 2021. Disponível em: https://magis.agej.com.br/15-anos-da-lei-no-11-340-2006-quem-foi-maria-da-penha/. Acesso em: 09 jun. 2023.

PEREIRA, Sarah Batista Santos. Conceitos-Chave Do Feminismo: Androcentrismo, Patriarcado, Sexismo e Gênero. Magis – Portal Jurídico. 2021. Disponível em: https://magis.agej.com.br/conceitos-chave-do-feminismo-androcentrismo-patriarcado-sexismo-e-genero/. Acesso em: 08 jun. 2023.

PEREIRA. Sarah Batista Santos. O que é feminismo?. Magis – Portal Jurídico. 2021. Disponível em: https://magis.agej.com.br/o-que-e-o-feminismo/#fn-3117-3. Acesso em: 08 jun. 2023.

PEREIRA. Sarah Batista Santos. Violência obstétrica: um fenômeno vinculado à violação dos direitos elementares das mulheres. Magis – Portal Jurídico. 2022. Disponível em: https://magis.agej.com.br/violencia-obstetrica-um-fenomeno-vinculado-a-violacao-dos-direitos-elementares-das-mulheres/. Acesso em: 08 jun. 2023.

PINTO, Céli Regina Jardim. Feminismo, história e poder. Revista de Sociologia e Política. 18 (36). 2010. Disponível em: https://www.scielo.br/j/rsocp/a/GW9TMRsYgQNzxNjZNcSBf5r/?lang=pt. Acesso em: 08 jun. 2023.

SAINI, Angela. Os mitos sobre a origem do patriarcado. BBC. 2023. Disponível em: https://www.bbc.com/portuguese/articles/c97n175v0yzo?at_ptr_name=facebook_page&at_medium=social&at_link_type=web_link&at_link_origin=BBC_News_Brasil&at_link_id=86EBA16C-0175-11EE-A52C-6ECB7E934D9D&at_campaign_type=owned&at_bbc_team=editorial&at_campaign=Social_Flow&at_format=image. Acesso em: 06 jun. 2023.

TORRES, Carolina. Quarta onda do feminismo: entenda as características do movimento feminista no século 21. Politize. 2021. Disponível em: https://www.politize.com.br/quarta-onda-do-feminismo/. Acesso em: 08 jun. 2023.

ZIRBEL, Ilze. Ondas do Feminismo. Enciclopédia Mulheres na Filosofia. Disponível em: https://www.blogs.unicamp.br/mulheresnafilosofia/ondas-do-feminismo/. Acesso em: 08 jun. 2023

Downloads

Publicado

15-09-2023

Como Citar

DA SILVA SILVEIRA, Érica M. A ruptura com o patriarcado em prol da luta contra todas as formas de violência contra as mulheres. Revista de Direito Magis, Betim, v. 2, n. 1, 2023. DOI: 10.5281/zenodo.8335568. Disponível em: https://periodico.agej.com.br/index.php/revistamagis/article/view/32. Acesso em: 30 maio. 2024.